Movimento Bem Maior

facebook instagram

Projetos

Associação Abraço à Microcefalia

O abraço nas escolas (BA)
Inclusão de pessoas com deficiência
Crianças de 0 a 4 anos (primeira infância), Famílias, Pessoas com deficiência.

Juntos contra as adversidades

Entidade busca ampliar apoio às famílias com crianças com microcefalia

Nos anos de 2015 e 2016, o zika vírus varreu a América Latina e cerca de 2 mil bebês nasceram com microcefalia no país. O dano cerebral afetou a circunferência da cabeça dessas crianças que, menor que o normal, pode levar ao atraso no desenvolvimento, além de acarretar problemas físicos.

O nascimento dos bebês com essas síndromes gerou uma mudança de atitude em relação às deficiências no Brasil. Em Salvador, um grupo de mães e profissionais de saúde decidiu se unir para fortalecer a rede familiar e atender às crianças com malformação congênita. Nasceu, assim, a Associação Abraço à Microcefalia, com o objetivo de ampliar a rede de apoio dessas famílias e ajudá-las a enfrentar as adversidades. O grupo realiza práticas pedagógicas inclusivas, além de palestras e oficinas com neuropediatras, terapeutas ocupacionais, fisioterapeutas e fonoaudiólogo.